5 de jun de 2012

EXCLUSIVO! Lanterna Verde gay prejudica indústria de brinquedos!

Ok, eu não sou o Rich Johnston, do Bleeding Cool, mas tenho minhas fontes. Uma delas me revelou aquilo que pode ser um dos primeiros efeitos negativos do mais recente golpe de marketing da DC Comics.

Como sabemos, o primeiro Lanterna Verde, Allan Scott, foi transformado em gay, eu já escrevi sobre isso aqui, no post mais polêmico do blog. Como eu afirmei, mesmo que essa atitude da editora aumentasse as vendas de gibis por alguns meses, isso também poderia gerar diversos efeitos negativos. O primeiro foi notado logo de cara, a zombaria. Nas redes sociais muitas pessoas estão fazendo piadas com quadrinhos. Mas existe coisa pior, gerada pela ignorância, porém inevitável.

A atitude da DC foi amplamente noticiada nos meios de comunicação que usualmente não falam sobre quadrinhos. A maior parte deles, inclusive o programa Fantástico da Rede Globo, noticiou que "O Lanterna Verde será gay", mas sem mencionar que é UM Lanterna Verde, UM entre várias versões que existem. E pra piorar, mostraram imagens do filme recente.

Então agora, a imensa maioria do público, que não conhece nada sobre HQs, acha que O Lanterna Verde é gay e ponto. Em que isso poderia ser prejudicial?

Recebi, de uma fonte confiável, informações exclusivas sobre os efeitos devastadores que o Lanterna Verde gay já está causando á indústria de brinquedos licenciados. Uma pessoa que trabalha no ramo registrou em e-mail interno o quanto os consumidores e distribuidores estão reagindo mal ao fato. As vendas já estão sendo canceladas, boicotadas, e eles vão ter prejuízos. Leia o texto abaixo:


"Como todos aqui já sabem, o personagem gay da DC é um lanterna verde das antigas mesmo, fora da cronologia nova, que faz parte até de outra terra (jogada de mkt total, fizeram um puta alarde pra homossexualizar um personagem terciário).. mas, enfim..


Tenho alguns amigos que trabalham com licenciamento, produtos licenciados e tal e já estão sofrendo com essa notícia...

O que acontece é que a gente que lê e conhece quadrinhos consegue diferenciar, mas para o público em geral, a informação é “O LANTERNA VERDE É GAY”. Ou vocês acham que quem só assistiu o péssimo filme com o Ryan Reynolds sabe diferenciar o que é a Terra Ativa da Terra Paralela (se é que ainda é assim, depois da reformulação dos 52).

Muitos clientes já entraram em contato com essas empresas avisando que vão boicotar os produtos e estão devolvendo.. hahaah

Lógico, que para colaborar ainda mais, estou incentivando a todos a entrar em contato com a Warner e renegociar o contrato ou até mesmo reinscidi-lo, hahaahah

Não é o mesmo Lanterna Verde, mas quem vai diferenciar isso lá fora?


Aqui na empresa mesmo, já orientei as compradoras e deram um breque nas compras de LV. Não é o mesmo persona, mas quem diferencia isso lá fora?"



Aqui está a confirmação dos efeitos negativos da atitude da DC. Um golpe de marketing mal feito que desagradou a maioria dos leitores, e por ter sido muito mal apresentado na mídia, naturalmente, queimou o filme da marca Lanterna Verde junto ao grande público!

Não poderiamos esperar que as pessoas que não leem quadrinhos e os próprios jornalistas da grande mídia tivessem o conhecimento sobre a mitologia dos Lanternas. Se as crianças não vão comprar os brinquedos, também não vão comprar todos os outros produtos e os quadrinhos do Lanterna não vão se sustentar.

A HQs atualmente se destinam muito mais a gerar merchandising. A Warner, que controla a DC, já estaria pedindo desculpas a clientes. A Marvel, por sua vez, pode não perder tanto, Estrela Polar e Kyle, que protagonozam o casamento gay da editora, são personagens tão insignificantes que nem tem produtos licenciados. A não ser que o grande público comece a associar todos os X-Men com essa onda gay.

As duas grandes editoras não deveriam rever suas ações para evitar grandes prejuízos pela fuga de clientes? Em vez de investir em golpes de marketing barato, não deveriam respeitar mais os seus clientes e os fãs dos personagens?

Agora é colher os prejuízos de mais um vacilo das editoras. Mais uma vez os quadrinhos perdem.


...

8 Comentários:

Wagner Cordeiro disse...

Nenhum problema com o texto até esta parte aqui:

"As duas grandes editoras não deveriam rever suas ações para evitar grandes prejuízos pela fuga de clientes?"

Por que as duas editoras? O que a Marvel vez de errado, em termos de estratégia de marketing?

Tavares disse...

Acho que as vendas da Marvel também podem cair porque muitas pessoas nos EUA são contra casamento gay e podem boicotar os produtos.

rockbarcellos disse...

é justo, futilidade sendo respondida com futilidade

q parem de apelar e comecem a escrever boas histórias

Wagner Cordeiro disse...

Pode até ser que as vendas da Marvel caiam, mas que a Casa das Ideias Marketeiras jogou melhor que a DC é indiscutível.

A menos que pensem em associar toda a Tropa dos Lanternas a produtos LGBT, o que eu acho muito pouco provável.

No caso da Marvel é difícil até associar o Estrela Polar aos X-Men, equipe, aliás, que tem a maioria dos seus integrantes conhecidos pelo nome, graças aos filmes, mas Lanterna Verde é Lanterna Verde, e vice-versa.

calazans disse...

muito bom texto, era o esperado, quem sair de camiseta será zoado, aposto que BIG BANG THEORY o Sheldon nunca mais aparece com camiseta do lanterna verde !

Wagner Cordeiro disse...

Acho que tu perde a aposta, Calazans, já que Jim Parsons, o ator que interpreta o Sheldon, é homossexual.

Mohamed disse...

Que o ator é homosexual, isso ja era óbvio desde o primeiro episódio.
Aliás, todos os personagens centrais de BBT pareciam mais gays do que nerds até dois deles começarem a namorar.

Voltando ao assunto, o brasileiro é hipócrita por natureza.
É aquele negócio de "ser humilde" que nada mais é do que a subserviência.

na sua frente o cara abaixa a cabeça e concorda com tudo que você diz. Porque isso é "ser humilde".

Depois que você sai ele começa a rir de você.

Nesse sentido temos uma uma parcela da sociedade que advoga em causa própria (os gays).
Acontece que essa é uma parcela barulhenta, agressiva e inserida nas mídias.

Juntando isso com o jeitinho de ser do brasileiro, temos uma imensa maioria que se cala temendo as represárias sociais.

É tão fácil ver que isso é manipulação ao constatar que todos os dados divulgados, desde o número de participantes da parada gay quanto o número de "vítimas" de agreções homofóbicas são falsos ou no mínimo extremamente superestimados.

Uma parcela da população está fazendo o restoda sociedade de trouxa.
Mas as pessoas são arrogantes demais pra aceitar que estão sendo enganadas.

Gente que não lê um livro por ano acha que tem toas as informações que precisa pra tomar suas decisões.

Ø-Drix disse...

Então a questão não era apenas de marketing, pois não?!

Postar um comentário

Deixe a sua opinião, sem ofensas, por favor.

  ©Caixa de Gibis - Todos os direitos reservados.

Sobe